Este é um exame invasivo que captura imagens em tempo real dos intestinos grosso e delgado

O exame de colonoscopia é responsável por detectar o aparecimento de patologias no intestino, ele flagra possíveis inflamações que possam aparecer na parede intestinal, além de verrugas – conhecidas como pólipos que podem ser pré-cancerosas, tumores e outros problemas.  

Até a década de 1970 era realizada uma cirurgia que abria o abdômen do paciente até o intestino grosso, um procedimento extremamente delicado. Entretanto, com a colonoscopia o médico especialista pode identificar mais facilmente as razões que levam a diarreia crônica, sangramentos, doenças inflamatórias, retocolite ulcerativa, e entre outras.

Popularmente este exame é conhecido como uma endoscopia ao contrário, feita pelo ânus. O colonoscópio tem um tubo fino e flexível  com uma microcâmera na ponta, que vai filmar todo o procedimento realizado no interior do intestino, ele também é equipado com um instrumento que pode retirar os pólipos e extrair pedacinhos minúsculos do intestino para biópsias.

A colonoscopia pode ser feita pelo médico gastroenterologista ou um colonoscopista, sendo indicada para investigar um possível câncer de cólon e reto, a causa do sangue nas fezes; hemorragia retal; analisar os motivos de porquê as fezes estão escuras ou pretas; encontrar a anemia ferropriva; análise do cólon se os resultados de exames de fezes forem anormais; acompanhar e tratar colite; e identificar dores abdominais crônicas.

Pacientes com mais de 50 anos, caso não apresentem fator de risco, devem fazer a cada 10 anos este exame.  Mas o médico pode recomendar a colonoscopia mais cedo caso haja a necessidade.

Preparo para colonoscopia

O procedimento é simples, porém, o preparo precisa ser seguido exatamente de acordo com as orientações feitas pelo médico. Nas 48 horas que antecedem o exame é necessário adotar uma dieta leve e ingerir remédios com efeito laxante, que vão proporcionar uma verdadeira limpeza no intestino.

No dia da colonoscopia é normal ir ao banheiro várias vezes para evacuar, mesmo que seja apenas líquido, pois a ação do laxante promove uma limpeza no cólon que possibilitará ao médico enxergar facilmente a mucosa e assim encontrar possíveis lesões.

Durante este processo de preparação para o exame de colonoscopia beba bastante água e líquidos claros, como sucos de maçã para evitar que fique desidratado.  Também é importante descansar adequadamente no dia anterior, e iniciar um jejum total (de alimentos e bebidas) no mínimo oito horas antes do exame. Para realizar a colonoscopia o paciente precisa levar um acompanhante, pois a sedação e seus efeitos podem durar algumas horas.

Como é feita a colonoscopia

Em um consultório médico, clínica ou hospital o paciente será sedado e deitado confortavelmente de lado com os joelhos dobrados e encostados na barriga. Após a sedação fazer efeito e a pessoa estiver dormindo o procedimento se iniciará. O médico vai inserir o colonoscópio até chegar ao início do intestino delgado. Para retirar amostras para biópsia pode ser utilizado ferramentas como fórceps ou cotonetes. Normalmente o paciente não sente dor durante o procedimento e nem após.

Em geral o tempo do exame é de 30 a 45 minutos, mas pode levar mais tempo se for encontrado algum problema que requeira mais atenção. Todo o processo é indolor, e se for necessário o médico injeta pequenas quantidades de ar que vão desobstruir o caminho da câmera e melhorar a visualização naquela região do intestino.

Resultados do exame

Na colonoscopia o resultado é mostrado ao vivo para o colonoscopista que é capaz de dizer imediatamente se existe ou não algum problema com o paciente. Ele avalia se há alguma alteração na cor e textura da mucosa do intestino, ou a presença de sangramentos, e alterações.

Quando é necessário retirar amostras para biópsias, o tecido é enviado para laboratório onde será avaliado. Quando os resultados são normais o revestimento do cólon apresenta uma suave coloração rosada, com as dobras normais, sem crescimento de bolsas, verrugas, sangramentos e inflamações.

Gestantes

O exame de colonoscopia não é indicado para gestantes porque a sedação usada para realizar o procedimento não pode ser ministrada, já afeta o desenvolvimento do bebê em seus primeiros meses de vida.